Crie um plano estratégico para sua empresa crescer

Que fatores me ajudam a decidir como fazer minha empresa crescer? O que devo levar em consideração para criar um plano de crescimento? O que faz uma meta melhor que outra?

Imagine que Renato e Brenda têm uma prestadora de serviços de DJ chamada "Embalos de RB". Os negócios estão fervendo (metaforicamente), a ponto de os dois quererem levar a empresa para o próximo nível.

Cada dono, no entanto, tem seu próprio ponto de vista do que significa fazer os Embalos de RB crescer. A Brenda acha que tinham que contratar mais DJs. O Renato acha que eles deviam desenvolver um app que deixa qualquer um tocar na própria festa.

Enquanto a Brenda e o Renato não têm a mesma visão de negócios, não passam muito tempo pensando no assunto. Encarando os fatos, a dupla dinâmica de DJs está pensando nos próximos passos. Qual faz mais sentido?

Desfazer a empresa inteira e virar inimigos mortais.

Trabalhar juntos num plano estratégico que analisa metas razoáveis a longo e curto prazo.

Antes de fazer qualquer plano para o crescimento da sua empresa, pense sobre os pontos fortes e fracos dela. Você pode fazer isso através de uma avaliação de necessidades empresariais.

Criar uma avaliação de necessidades empresariais envolve olhar para sua empresa com um objetivo e ver como você pode melhorar em várias áreas diferentes, como na administração, marketing, vendas, finanças e operações.

Comece identificando os pontos fracos de cada uma dessas áreas e vendo como dá para melhorar. Depois, olhe seus pontos fortes e pense se é possível usá-los para crescer de um jeito que ajude seus clientes.

Pensar em como melhorar seus pontos fracos e trabalhar com seus pontos fortes pode ajudar a definir o que crescimento significa para sua empresa.

No fim, crescer devia te levar ao estilo de vida que você quer ter. Isso pode significar mais lucro, mais tempo livre para outras coisas ou até usar a empresa para ajudar os outros.

É por isso que dá para cada empresa ter a própria definição de crescimento. Para alguns, é aumentar a renda e contratar mais funcionários. Para outros, é incluir estabelecimentos e produtos novos ou só aumentar as vendas. Seja como for, você escolhe seu jeito de crescer.

Saber o que crescimento quer dizer para você é um ótimo começo para conseguir alcançar as metas. Mas também é legal saber onde está sua empresa no ciclo de vida dela.

Dizem que empresas e indústrias têm 4 fases no ciclo da vida: nascimento, crescimento, maturidade e declínio. Saber o seu estágio pode te ajudar a ver os desafios que você vai ter que encarar para crescer.

Para quem está nos estágios de nascimento e crescimento, tudo deve estar acontecendo bem rápido. Os desafios são coisas como encontrar investimento, equipe e sistemas para te ajudar a sair do chão ou expandir para achar clientes novos.

Empresas maduras provavelmente têm mais tempo de experiência e, por isso, mais dificuldade de inovar. Isso significa que vão precisar procurar áreas novas para crescer, para que possam continuar sendo bem-sucedidas na própria área.

Com o tempo, facetas do negócio começam a se tornar obsoletas, levando ao declínio. Isso pode acontecer de repente ou demorar mais, tipo quando a indústria tem problemas de se adaptar à internet.

Empresas que estão em declínio não deviam cavar uma cova e esperar a morte - reinvenção é ótimo para crescimento. Por exemplo, muitas agências de publicidade cresceram tentando atingir as pessoas através de redes sociais em vez da TV, aquela coisa mais antiga.

Beleza - você olhou direitinho todas as necessidades da sua empresa, em que fase do ciclo de vida ela está e o que significa crescimento para você. Parece uma boa hora de fazer um plano estratégico de crescimento.

Um plano estratégico de crescimento é um mapa confiável da sua empresa. Com ele, dá para saber o lugar que sua empresa está, onde você quer chegar e como chegar lá (e o que pode te impedir de se perder pelo caminho).

Precisa de ajuda para fazer o plano? A maioria dos planos de crescimento estratégico envolvem 3 coisas: uma declaração de visão, uma análise SWOT e uma lista de metas.

Criar uma declaração de visão para sua empresa te dá a chance de se concentrar em algumas questões maiores da sua empresa. Sabe, coisas relacionadas à "visão".

Primeiro, identifique o propósito da sua empresa. Se você tiver uma loja online de ferramentas, seu propósito deve ser ajudar todo mundo do planeta a se sentir confortável diante de uma furadeira. Ou pode ser colocar martelos em todas as mãos.

Depois, considere o que sua empresa oferece para as pessoas. Você tem que incluir produtos e serviços novos para atingir seu propósito? Se tiver, parabéns - acabamos de descobrir sua oportunidade de crescimento.

Por último, pense nos valores que são importantes para você e sua empresa. Igualdade de renda? Responsabilidade social? Deixar cachorros felizes? Adicionar valores à sua declaração de visão te ajuda a ser fiel ao que importa para você enquanto cresce.

Uma análise SWOT também é importante para digerir os próximos passos da sua empresa. É difícil crescer sem conhecer seu negócio direito.

Você pode ter mergulhado nos pontos fortes, fracos, oportunidades e ameaças quando analisou as necessidades empresariais e o ciclo de vida da sua empresa. Mesmo assim, é legal organizar tudo isso para decidir como lidar com o próximo problema.

Enquanto você pensa nos seus pontos fortes e fracos, veja se dá para olhar friamente para os números de venda ou outros dados que deem para medir. Ouvir seu coração é ótimo, mas seu cérebro ajuda bastante também.

Tente olhar além dos números de vendas para imaginar oportunidades e ameaças para seu negócio e sua área. Mudanças do mercado podem criar chances de crescimento, ainda mais se você reconhecê-los cedo.

Então - você declarou sua visão e terminou seu SWOT. Agora é hora de descobrir a lista de metas que vai dar vida à sua empresa e começar a transformar sua visão em realidade.

Comece sendo bem específico com suas metas. "quero aumentar as vendas", por exemplo, é meio murcho. Para chegar nisso, você precisa abrir mais lojas ou oferecer nossos serviços? Entrar em detalhes pode te ajudar a focar no que precisa ser feito.

Parte de especificar as metas é conseguir medi-las. Se a meta for "contratar mais gente", é mais fácil de ver quando você atinge o objetivo se você queria contratar 10 em vez de 30 funcionários novos.

Não desconsidere o tempo que vai levar para atingir suas metas. Saber se vai levar 6 ou 12 meses para dobrar as vendas online vai determinar a agressividade que você vai precisar para fazer isso acontecer.

Independente do tamanho das suas metas, seja realista. Dobrar as vendas online parece ótimo. Mas é possível, pensando na empresa, nos clientes e nos seus concorrentes?

Por último, tenha certeza de que as metas de curto prazo condizem com a visão. Crescimento pode trazer gente, produtos, serviços e ideias novas para sua empresa. Mas, se você for fiel ao propósito, você cresce de um jeito legal para sua empresa.

Independente do tempo da sua empresa, planejar as metas baseadas nos pontos fortes, fracos, oportunidades e ameaças podem te ajudar a crescer com equilíbrio. Pronto para olhar para o SWOT da sua empresa?

Para mais informações, acesse nossa página no facebook.