Coloque no papel: criando seu plano de negócio

Vamos dizer que você e uma amiga precisam viajar pelo país para ir a um casamento. Você tem uma ótima ideia: dirigir, economizar e se divertir.

Sua amiga não tem tanta certeza. Ela relembra que ambas precisam estar no casamento e não podem se atrasar. E ela menciona que nenhuma de vocês sabe que estrada devem seguir para chegar lá.

Você acredita que seu plano é a melhor maneira. Agora é só uma questão de persuadir sua amiga. Qual o melhor modo para convencê-la?

Qual alternativa é mais provável para convencê-la?

Mostrar a ela um mapa com a rota exata que vocês seguirão, reservas para todos os hotéis que usarão durante o caminho e um detalhado cronograma de quando vocês chegarão ao casamento.

Falar passionalmente para ela que você tem uma ideia de como vocês chegarão no casamento e que ela deveria confiar em você.

Isso mesmo. Sustentar sua ideia brilhante por meio de um plano detalhado é a alternativa mais provável para deixar sua amiga mais confiante. Ainda melhor, colocar seu plano no papel significa que você não precisa se preocupar em lembrar cada detalhe.

Ter um plano detalhado não é só para dirigir do ponto A até o ponto B. É também uma parte essencial para começar ou evoluir um negócio e guiá-lo até o sucesso.

Um plano de negócios orienta como sua empresa vai se portar por um período particular de tempo, e como essa operação vai ajudar a alcançar seus objetivos empresariais.

Colocar seu plano de negócios no papel ajuda a estabelecer:

Uma visão essencial — Vai dar a você e seu time um ótimo panorama dos objetivos da sua empresa e porque isso é uma boa ideia.

Uma estratégia — Vai ajudar você a descobrir que passos precisam ser seguidos para seu negócio prosperar.

Confiança das partes — Isso ajuda investidores, parceiros e outras partes interessadas a verem sua empresa como uma operação de sucesso.

Para criar um plano de negócios, comece escrevendo uma visão geral de alto nível da sua empresa e em seguida criando uma lista de detalhes da companhia.

Para seu resumo, escreva o nome da sua empresa, que produtos ou serviços você oferece ou oferecerá, quem é seu público-alvo, e quais são seus objetivos (ou seja, o que seria sucesso para sua empresa).

Por exemplo: um restaurante nordestino em São Paulo chamado Camarão Paulista. Eles vendem comida nordestina “gourmet” e seu público-alvo são entusiastas da culinária entre 30 e 40 anos, e seu objetivo é ser o restaurante nordestino mais popular da cidade.

O índice da sua companhia deve listar todos os membros do seu time e/ou funcionários (CEO, Marketing, Designer, Chef etc.), onde sua empresa fica localizada, a que tipo de indústria ela serve, e como seu produto ou serviço funciona.

Adicione biografias curtas para as pessoas mais importantes da sua empresa (mesa de diretores, gerentes, chefes de departamento etc.). Você também pode listar que papéis precisam ser preenchidos.

Se você faz parte de um novo negócio, seu resumo também deve enfatizar suas habilidades e histórico profissional, bem como as da sua equipe. Descreva então como esse conhecimento e experiência vão beneficiar sua empresa.

Depois que você listou os detalhes gerais da sua empresa, escreva uma análise dela e de seus principais concorrentes.

Descreva rapidamente sua corporação: Está crescendo ou encolhendo? Por que você acredita que há uma oportunidade nessa área? Existem quaisquer tendências de comportamento afetando esse setor, como uma audiência evoluindo suas preferências ou transição tecnológica?

Agora considere seus concorrentes. Quem são as maiores empresas contra quem você estará competindo? Que fatia de mercado cada uma domina? Que fatia de mercado você está buscando conquistar?

Descreva seu público-alvo. Por exemplo: o público do Camarão Paulista são entusiastas de comida e apaixonados por comida nordestina que moram perto do restaurante.

Liste as informações demográficas, psicológicas (valores, personalidades, opiniões, atitudes, hobbies etc.) e geográficas do seu público-alvo. Escreva também qual a dimensão desse mercado e qual seu potencial de compra.

Explique como você vai conhecer as necessidades da sua audiência. Quais são seus principais diferenciais? Que problema você pode resolver que sua concorrência não pode? Que técnica você vai usar para fazer isso (pensamento inovador, qualidade, dados etc.)?

Também é uma boa ideia anotar os obstáculos da sua empresa, como licenças obrigatórias, regulamentação, ausência de equipe qualificada, encontrar um local físico, rejeição à comida nordestina, entre outros.

Agora, escreva um resumo organizacional do seu negócio. Aqui é onde você mostra quem faz o quê e quem gerencia quem.

Inclua um organograma que mostra quem possui qual atribuição, mesmo que você não tenha contratado a pessoa para preencher a vaga ainda. Basicamente, você está se assegurando que cada tarefa e responsabilidade foi identificada, e que não há nenhum excesso.

Finalmente, mostre como a propriedade do seu negócio está estruturada. Qual é a estrutura legal da sua empresa? Quem domina qual porcentagem da sua companhia?

Seu plano de negócios deve dar tanta atenção aos detalhes do seu produto e/ou serviço como dá aos detalhes da sua companhia.

Descreva os detalhes importantes que você deseja que as pessoas entendam sobre seu produto ou serviço. Em que estágio ele está? Usa uma tecnologia especial? O design vale ser mencionado?

Tome nota de qualquer pesquisa e desenvolvimento que você fez (ou planeja fazer) que trarão seu produto ou serviço à vida. Não esqueça de também mencionar qualquer registro de patente que você possui ou que você ainda está esperando para ter.

Em seguida, desenhe suas estratégias de vendas e marketing. Como você vai promover e divulgar sua empresa, e como serão feitas as vendas?

Para sua estratégia de marketing, descreva a identidade da sua marca e como isso vai ajudar você a alcançar seu público-alvo. Por exemplo, que tom de voz seu marketing terá? Que cores e conteúdos visuais serão usados em suas estratégias?

Explique como seu marketing vai introduzir seu produto ou serviço para sua audiência, e quais canais de marketing você vai usar (redes sociais, busca e anúncios de display, e-mail marketing, entre outros). Qual é sua estratégia para cada um desses canais?

Para sua estratégia de vendas, descreva como elas serão feitas. Você vai se apoiar em parcerias, distribuidores, e lojas on-line, físicas, e/ou vendedores?

Detalhe os passos de venda que você já seguiu e o que ainda precisa acontecer. Por exemplo, você já começou a captar oportunidades de vendas e em breve vai estar criando maneiras para as pessoas solicitarem previamente seus produtos?

Além disso, mostre como sua estratégia de vendas vai trabalhar em conjunto com sua estratégia de marketing.

Agora você está pronto para descobrir que o dinheiro é parte do seu plano – ou seja, traçar de quanto investimento você precisa.

Determine qual investimento é necessário agora, durante quanto tempo aquele capital pode sustentar sua empresa, e de qual verba você vai precisar no futuro.

Segmente que parte do dinheiro vai ser usado para financiar os custos do início (aluguel de vitrines etc.), custos operacionais, pesquisa e design, salários, contratações, crescimento e tudo mais.

Por fim, inclua suas informações reais e projetadas. Isso não é apenas para investidores em potencial, mas também para você obter uma boa noção das suas finanças.

Inclua seus números de venda projetados mensalmente e anualmente. Se você tem múltiplos produtos ou serviços, separe os números por cada fonte de receita.

Tome nota da sua declaração de renda projetada, planilhas de balanço, e investimento em bens de capital. Alimente também suas projeções mensais ou trimestrais para o primeiro ano. Se você está em uma empresa já estabelecida, mostre os cinco anos passados dessas declarações.

Liste os marcos que sua empresa precisa atingir para ser financeiramente estável. Você precisa de um certo montante de vendas, por exemplo? Identifique quando você pode sofrer uma perda e quando você espera equilibrar-se ou lucrar.

Além disso, todo mundo ama um bom gráfico, então tente usar gráficos de pizza e coluna simples e fáceis de entender, bem como outros conteúdos visuais para apresentar suas informações financeiras.

Para mais informações, acesse nossa página no facebook.