Atraia seus consumidores com uma boa história

Como eu posso usar minhas experiências pessoais para ajudar o meu negócio? O que significa storytelling e a abordagem do propósito maior?

Storytelling é a arte de contar boas histórias. Funciona para entreter as pessoas em um acampamento, mas também é um modo de fazer com que os clientes reparem no seu negócio.

E se de repente você não tem uma história muito boa para contar?

Imagine um empreendedor chamado Heitor que é dono de uma loja de chapéu para gatos. Heitor doa parte do seu faturamento para ajudar no resgate de animais.

Qual a melhor abordagem para contar a história de Heitor?

"Comecei com 'Chapéus para Gatos' a fim de ajudar os abrigos de animais. Cada chapéu vendido ajuda a salvar a vida de um gato necessitado."

Esta história mostra o que inspirou Heitor a comercializar chapéus para gatos, em vez de simplesmente tentar vender o produto.

Há duas maneiras diferentes de explorar a história do seu negócio: experiência pessoal e propósito maior.

Um experiência pessoal explora os momentos da sua vida que funcionaram como o clique para você resolver montar o seu negócio. O propósito maior aborda um objetivo mais amplo que o seu negócio vislumbra.

Vamos entender o modelo da experiência pessoal primeiro e ver como ele é usado por uma empresa de tecnologia chama FiLIP.

Fundada em 2009, FiLIP produz relógios conectados à internet capazes de avisar aos pais onde seus filhos estão localizados. Mas essa não é a experiência pessoal por trás do negócio.

FiLIP foi batizado por causa do filho do fundador da empresa, Sten Kirkbacks. Com três anos de idade, Filip se perdeu do seu pai em um shopping center lotado - a situação inspirou Sten a criar a empresa.

Sten compartilha essa história com os clientes, contando a missão que o produto tem.

Agora vamos ver como a empresa KIND Lanchinhos Saudáveis usa a estratégia de propósito maior.

KIND Lanchinhos Saudáveis quer aos poucos tornar o mundo um lugar mais amável.

Em colaboração com a comunidade, a empresa inspira as pessoas a agir do modo KIND (gentil, em inglês). Eles chamam essa ação de Movimento KIND.

Parte do movimento são as chamadas Causas KIND. Elas ajudam as pessoas e as empresas a pôr em prática ideias que tenham um alto impacto social por meio de incentivos mensais.

Eles também criaram o STRONG & KIND, uma iniciativa que vai contra os esteriótipos ao provar que é possível ser forte e gentil ao mesmo tempo.

FiLIP começou com uma experiência pessoal e KIND com a abordagem do propósito maior, mas as duas se destacam e chamam a atenção das pessoas.

Quando você for desenvolver sua história, leve em conta algumas coisas: as melhores histórias são recheadas de detalhes, mostram jornadas pessoais e não focam apenas nas tendências e palavras da moda.

Qualquer negócio tem uma história interessante para contar. Você pode abordar a sua experiência pessoal e a sua paixão pelo negócio ou você pode apostar na abordagem do propósito maior.

Para mais informações, acesse nossa página no facebook.