Blogando para fazer negócios

Imagine que uma empresa chamada 'Expedições Equatoriais' organiza viagens pela América Latina.

A Expedições Equatoriais quer que mais pessoas visitem seu site e vejam as experiências únicas que a América Latina tem a oferecer. Então eles decidem começar um blog e discutem ideias de posts para chamar a atenção de potenciais clientes.

A empresa entende de viagens, mas sua equipe de marketing nunca criou conteúdo para blogs antes. Vamos ajudá-los a descobrir quais ideias podem virar posts? Responda, mentalmente, “sim” ou “não”.

Os animais mais exóticos da Amazônia.

10 coisas divertidas e gratuitas para fazer no Peru.

Compre passagens com desconto.

Os vulcões da Costa Rica.

Posts sobre animais amazônicos, coisas para fazer no Peru e vulcões da Costa Rica são um bom conteúdo porque destacam aspectos da América Latina que podem interessar a potenciais clientes. O post sobre passagens com desconto nitidamente é uma publicidade.

A maioria dos esforços de marketing se concentram nas vendas. Os blogs permitem um nível de envolvimento com a audiência onde você pode oferecer ideias e entretenimento sem pedir que eles comprem nada.

No entanto, um blog bem feito pode ajudar nas vendas pois pessoas que acompanham o seu conteúdo estão mais inclinadas a curtir a sua marca e voltar no futuro.

Isto é importante, pois pessoas familiarizadas com a sua marca e que já visitaram o seu site têm 2-3 vezes mais chances de clicar no seu nome quando fazem buscas na internet e de concluir uma compra ao visitaram seu site.

Você pode hospedar o blog em seu próprio site ou criá-lo em uma plataforma separada.

Hospedando o blog no seu site, você consegue personalizar o visual e a experiência. Mas, a menos que você entenda de programação, terá que contratar um desenvolvedor para criar uma interface de gerenciamento de blog para você.

Se seu blog for criado em uma plataforma externa, como Blogger, Tumblr, Medium ou WordPress, você não vai poder personalizá-lo completamente, mas, será mais fácil e barato de configurar, já que você não terá de investir no desenvolvimento.

Depois de definir onde vai hospedar o seu blog, é hora de criar o conteúdo. Pense em coisas que interessem ao seu público e que você acredita que eles terão vontade de compartilhar.

O tema do blog vai depender do seu público e mercado, assim como seus interesses pessoais e conhecimento. Mas há vários estilos e tópicos que funcionam para todo mundo na hora de organizar o conteúdo:

Listas - “Os 5 lugares mais badalados da noite de Cartagena”

Slides - “Confira fotos deslumbrantes do pôr do sol no Rio de Janeiro”

Tutoriais - “Como curtir Buenos Aires sem estourar o orçamento”

Entrevistas - “Explore a cidade de Quito com essas dicas de um dono de hostel”

Até os melhores blogueiros ficam sem ideias de vez em quando. Se isso acontecer com você, tente se inspirar no que o seu público-alvo compartilha nas mídias sociais. Estude os conteúdos da concorrência e aproveite as ideias de sucesso.

Sempre que você publicar algo novo, faça um post específico falando sobre este conteúdo em todas as suas redes sociais, com uma prévia do texto ou imagem que atraia as pessoas e as façam querer ver mais no blog.

Os leitores on-line estão sempre ávidos por novos posts. Se você publicar regularmente, as pessoas vão voltar ao site, procurando por mais conteúdo.

E aí, empolgado para começar a criar seu conteúdo?

Para mais informações, acesse nossa página no facebook.