Social Ads: Foco, Pesquisa e Métricas

Imagina que a marca Alana Lhama vende tricôs feitos com lã de - sim, você adivinhou - lhamas. Alana, a dona, quer colocar anúncios nas redes sociais divulgando sua liquidação.

Ela não está muito certa sobre o texto, mas gosta da frase “Tá com frio? Chama a lhama” porque é divertido e prende a atenção. Então, ela coloca este título no anúncio junto com uma bela imagem de um casaco.

Por fim, ela envia o anúncio para a rede social escolhida, faz o pagamento, fecha o laptop e se dá por satisfeita.

Você já percebeu que este anúncio não vai dar muito resultado, não é mesmo? Onde foi que Alana errou?

Ela verificou se o público-alvo participava ativamente da rede social escolhida?

Ela se certificou de que os textos e imagens do anúncio atendessem a seus objetivos?

Ela pesquisou como medir o retorno de investimento do anúncio (ROI)?

Tudo que a Alana fez foi colocar um casaco de lã de lhama no anúncio. Ela não estabeleceu um objetivo de negócios, não pesquisou os hábitos do público-alvo nas redes sociais, nem procurou uma maneira de medir o ROI do anúncio.

Quanto bem feitos, os sociais ads (também conhecidos como display e posts patrocinados nas redes sociais) podem ser muito eficientes para conectar-se com seu público-alvo.

Isso acontece porque anunciando nas redes sociais você pode impactar seu público com base na profissão, interesses, localização, perfil e outras informações queas pessoas curtem compartilhar na internet.

Esses anúncios trazem embutidas ferramentas de mensuração de eficiência que funcionam como uma espécie de mecanismo de autoavaliação. Com elas vocês pode acompanhar quantos acessos foram gerados pela peça e/ou quantas pessoas reagiram ao seu call-to-action fazendo cadastro, visitando o site, curtindo sua página, etc.

Para obter o melhor dos seus social ads, você deve criá-los e publicá-los seguindo uma estratégia. Pesquisa sobre seu público-alvo, estabeleça uma meta, teste as peças e avalie seu ROI.

Primeiro, vamos entender como estabelecer objetivos para seus social ads. Você não quer criar anúncios que irão virar paisagem nas redes sociais, certo?

O que você espera conseguir com este anúncio? Mais assinantes para a newsletter? Mais seguidores? Mais vendas? Não esqueça: a arte, a mensagem e a chamada devem sempre direcionar o público para este objetivo que você estabeleceu.

Seja qual for a sua meta, ela deve ser o único foco do seu anúncio. Muitos objetivos e múltiplos calls-to-action podem prejudicar o desempenho da peça.

Em seguida, faça uma boa pesquisa sobre seu público. Vá além da análise demográfica e dê uma olhada na concorrência para ter certeza de que está falando com a audiência certa. Por quem você gostaria de ser seguido no Twitter ou no LinkedIn? Crie anúncios direcionados para pessoas como essas.

Tenha também em mente que nem todas as plataformas sociais são adequadas para sua marca e objetivos. Invista seu tempo e dinheiro naquelas que são mais populares entre o seu público e que oferecem o melhor ROI.

Para descobrir onde investir, analise os dados do seu site e observe quais são as redes sociais que geram maior tráfego. Ferramentas como o Google Analytics e Adobe Analytics podem ajudar nessa tarefa.

Bons resultados não se limitam a uma alta taxa de cliques. O importante é investir em plataformas sociais com uma audiência que interaja com sua marca e reaja ao call-to-action de seus anúncios.

Ter um bom conhecimento do seu público-alvo e de suas redes sociais será de grande ajuda na hora de desenvolver e testar seus anúncios.

Para criar uma mensagem certeira, procure nos perfis sociais da sua marca pelos posts não-patrocinados mais populares. Observe a linguagem, o tom de voz e o conteúdo e use o que funcionou bem para compôr seu anúncio.

A mensagem deve ser focada no seu objetivo e deixar claro o que o público ganha ao clicar no seu anúncio (ex.: 30% de desconto). Você paga por clique, por isso evite ao máximo interações onde as pessoas entram e saem do site logo em seguida porque não era o que elas esperavam.

O layout do seu anúncio deve condizer com sua marca e com as imagens com que seu público já está familiarizado. Se seu anúncio direcionar para uma página no seu site, certifique-se de que o design de ambos corresponda.

Uma vez que seu anúncio está no ar, é hora de avaliar seu ROI - em outras palavras, se seu anúncio está sendo efetivo e eficiente para atingir o objetivo que você determinou.

Se seu objetivo é gerar conversões ou vendas, um bom ROI significa que você ganhou mais com seus anúncios do que gastou com eles.

Se seu objetivo é gerar visitas, você pode descobrir seu ROI calculando o custo de aquisição (quanto cada visita vale para seu negócio). Para obter essa informação, você precisa calcular sua taxa de conversão média.

Vamos dizer que 4 em cada 100 pessoas que entram no seu site (visitas) compram algo (conversões) e gastam, em média, R$1.000. Sua taxa de conversão será de 4%. Para descobrir o custo de aquisição, basta multiplicar o tíquete médio do seu site pela taxa de conversão média. 4% x R$1.000 = R$40. Para um ROI positivo, seus social ads precisam custar menos que R$40 por visita.

Para mais informações, acesse nossa página no facebook.